"O texto simplifica meu eu complexo, ora é aliado, ora me faz refém".- Hellen Cortezolli

segunda-feira, agosto 17

Céu riscado...

Tarde quente, céu limpo e um sábado que prometia...muita fumaça

Quatro horas da tarde foi quando tudo começou, para quebrar a rotina dos amapaense que desconhecem quase que por completo, o sentido de se ter relógios...mesmo assim, havia muita gente...de todas as idades. De longe parecia um formigueiro.


Qual será o poder de brincar com a vida?

E lá estão eles riscando o céu de Macapá, por sobre o Rio Amazônas...
Todos os olhares os perseguem, gritos, ou vozes que não ecoam, tanto faz,
Pareciam de papel...

E para que não esqueçam, 14 de agosto de 2009, a Esquadrilha da Fumaça, riscou o céu de Macapá. O Meio do Mundo parou e contemplou por 40 minutos um show de acrobacias aéreas de quem sabe brincar com a vida, desligar motores e ter alguém esperando em casa.