"O texto simplifica meu eu complexo, ora é aliado, ora me faz refém".- Hellen Cortezolli

sábado, novembro 21

Get out 2

Quinta-feira selecionei um filme, depois de um dia que não me acrescentou nada, e como prometi…

Eis o post sobre o que achei do filme:

Só terminei de assistir hoje… Naquela noite a gripe me venceu, (já perdi as contas de quantos hounds ela já tá na minha frente) mas tudo bem…

Como havia mencionado anteriormente, o filme é coreano…

E, assim como os japoneses, chineses, enfim, os coreanos também contam histórias de terror baseados na própria cultura, principalmente nas contos populares, em sua maioria tem a ver com morte de algum ancestral, blá, blá, blá.

(Adoro essa parte!)

Filme Coreano, que escolhi por causa da capa, o humor ajudou bastante também. O filme “Possuída pelo Mal” (como o arquivo é compartilhado, não sei o nome original) é rico nos detalhes e usa artifícios de filmagens super-ultra – mega- power de interessantes…

Imaginei que seria um pouco mais trash, mas  me enganei redondamente.

 Vale a pena se for visto pelo olhar de quem curte cinema, mas não só leigo que se restringe a pipoca e refrigerante, nada contra, mas é que demora um bocado e só chega ao fim quem tem ambições maiores…

Era isso!

Ah! Bateu aquela frustração, por que achou que eu iria contar o filme?

Se tiver muito a fim de assistir e, dependendo de quem for… se me pedir com jeitinho… Agora se é só para impressionar alguém, nem me peça, vai se Ph$&* pra lá…

A história até que é interessante, tem alunos de fotografia, um professor, cabelos pretos e compridos como os da foto, um estúdio, uma noiva que não casa, e muito sangue.

HA HA HA!