"O texto simplifica meu eu complexo, ora é aliado, ora me faz refém".- Hellen Cortezolli

domingo, novembro 29

Energia Negativa

Quando o físico inglês Paul Dirac (1902-1984) provou em 1931 que os prótons (que têm carga elétrica positiva) podem ser negativos e os elétrons positivos (já que têm carga elétrica negativa) após solucionar uma determinada equação, e chamou isso de “antimatéria”. Certamente não imaginou que as pessoas podem transmitir essa carga negativa e, guardadas as devidas circunstâncias, provocar mais que uma antimatéria…

Sendo possível resultar num“antifimdesemana”, ou ainda, uma “antisaídasozinha”…

Os cálculos foram devidamente ajustados, refeitos e no final do segundo tempo, precisou mais que argumentos cientificamente comprovados para a tal saída sozinha.

Já que minhas tentativas de acompanhantes falharam todas.

Meu namorado não quis, o que de fato me obrigou a não obrigá-lo a nada que ele não quisesse… Minhas amigas também não colaboraram comigo e a mais perigosa de todas… Minha mãe fez a maior e mais carregada expressão de “você não deve sair sozinha” de todos os tempos… Ufa!

Mesmo assim, teimosa e obstinada, deixei meu namorado emburrado em sua residência e dirigi até o Liverpool para curtir o som da banda vitrola não sei das quantas.

Eu só queria sair, depois de um mês de confinamento “forçado”… só queria espairecer. Conhecer gente nova se fosse possível, rir de coisas que normalmente não riria e sei lá, voltar para casa com histórias na bagagem para contar.

Contudo, dirigi até o local, cheguei cedo demais… Meu amigo de “plástico” e sua excelentíssima esposa foram as únicas pessoas que aceitaram me acompanhar na minha mais nova empreitada… Sair sozinha à noite…

Esperei em frente ao Liver… Dei uma volta até o Francês que estava às moscas… Voltei para o Liver, era quase meia noite e começou a bater o arrependimento, que mania que as pessoas daqui têm de não cumprir o horário…

Para encurtar esta saga da desbravadora fracassada… A expressão de poucos amigos não foi só pose para foto... Só pra registrar.

Após a meia noite, eis que toda aquela energia negativa acumulada dos meus pais, do meu namorado e sabe-se Deus mais o quê… Falta luz.

Pronto! Era do que eu precisava. Alguém me ligando aquela altura do campeonato para dizer: “Eu te avisei para não sair”.

Tudo bem que aqui no Amapá tudo chega meio atrasado, mas acho que o apagão que ficaram dias lamentando no país todo, chegou aqui com lag. Junto com a internet local.

Tinha que ser logo no sábado que escolhi para sair?

Dos males o menor, pelo menos não bati o carro.

Voltei dirigindo no breu e a cada semáforo apagado eu torcia para que nenhum bêbado se atravessasse no meu caminho.

Pra dormir foi outro inferno… Mas também sobrevivi.

Meu humor?

Adivinha?!