"O texto simplifica meu eu complexo, ora é aliado, ora me faz refém".- Hellen Cortezolli

quarta-feira, outubro 20

Chega de estresse, o melhor é animação

Fonte: Alexandre Brito
Amapá comemora Dia Internacional do Cinema de Animação, será no dia 28 de outubro, no Teatro das Bacabeiras, a partir das 16h. É o terceiro ano consecutivo que o Amapá comemora o DIA (Dia Internacional de Cinema de Animação). As mostras acontecerão em três cidades, Macapá, Santana e Itaúbal. Na capital a programação será realizada pelo FIM (Festival Imagem-Movimento) e pelo MIS-AP (Museu da Imagem e do Som do Amapá).
Mais de 400 cidades no país, compõem o evento este ano. No dia 28.10, quando os relógios marcarem 19H30MIN (horário local), todos os estados do Brasil estarão vidrados em imagens animadas. É simplesmente o maior evento simultâneo de audiovisual do Brasil.
História da animação
Por trás da data, no longínquo ano de 1892, portanto três anos antes do cinematógrafo dos irmãos Lumierre, Émile Reynaud iniciou um mundo mágico: realizou a primeira projeção do seu teatro óptico no Museu Grevin, em Paris, sempre lá não é mesmo? Os franceses inventaram o cinema da animação, a fotografia e o cinema. Essa projeção foi a primeira exibição pública de imagens animadas (desenhos animados) no mundo. Foi para comemorar esta data que a Associação Internacional do Filme de Animação (ASIFA) lançou o evento, contando com o apoio de diferentes grupos internacionais filiados. Em 2010 o Dia Internacional da Animação está sendo realizado em 30 países.
Além das mais de seis horas de filmes inéditos no Amapá provenientes de diversos lugares do globo, a programação do DIA conta com refinado tempero local: na ocasião será lançada oficialmente a programação do VII FIM (Festival Imagem-Movimento), evento audiovisual com DNA amapaense que está, assim como o DIA, comemorando sete anos de existência.
Programação
O evento será composto por cinco mostras que atingem todos os públicos e primam pela acessibilidade:
· Mostra para deficientes visuais (classificação livre);
· Mostra para deficientes auditivos (classificação livre);
· Mostra infantil (classificação livre);
· Mostra nacional (classificação 12 anos);
· Mostra internacional (classificação 14 anos);
Fonte: Alexandre Brito