"O texto simplifica meu eu complexo, ora é aliado, ora me faz refém".- Hellen Cortezolli

quinta-feira, outubro 21

Scorsese, Scarface e lavagem de dinheiro

Martin Scorsese  Série

Assisti ontem ao primeiro episódio da séria exibida pelo canal da tv a cabo HBO, Boardwalk Empire, história ambientada em 1920, em Atlantic City, num período em que foi instaurada a Lei seca para combater o crime organizado, corrupção política, prostituição e tráfico de bebidas alcóolicas liderados pelas principais autoridades da cidade.

Apesar de ser um filme de época o enredo parece bem atual, conta ainda com a história do lendário gangster Al Capone, também conhecido como Scarface (quando era apenas motorista de um dos corruptos… Roteiro e direção de Martin Scorsese Confira

Al Capone

Pesquisei um pouco sobre o Scarface, afinal sempre ouvi falar do maior gangster do mundo, só não tinha certeza se ele havia existido além das telonas (afinal Romeu e Julieta não eram reais), o que encontrei no site http://www.netsaber.com.br  sobre o lendário capo diz o seguinte: Capone emigrou em 1914 com sua família para os EUA e passou sua juventude nos bairros pobres de Nova York, onde recebeu um golpe com uma navalha na rosto, que lhe rendeu o apelido de Scarface (rosto com cicatriz).

Nos anos 20, mudou-se para Chicago, onde dirigiu uma rede de jogos, prostituição, contrabando de álcool e extorsão. Estima-se que o bando de Capone tenha acumulado em 1927 cerca de 100 milhões de dólares. Embora fosse o mais temido do submundo de Chicago, a Polícia nunca conseguiu provar sua ligação direta nos brutais assassinatos cometidos por seus capangas. Entretanto, chegou a ser preso por sonegação de impostos e posse ilícita de armas. Foi posto em liberdade, acometido por uma paralisia parcial, em 1939.

Lavanderias

Al Capone deu origem a expressão lavagem de dinheiro, por sustentar as lavanderias na cidade de Chicago com dinheiro adquirido ilegalmente, cuja finalidade era esconder a origem dos “recursos econômicos”, deste modo dificultando a comprovação dos crimes. Esse problema social tomou caráter internacional no final da década de 80…

Considerações

Alguém aí duvida que a abordagem seja superatual? Guardadas as devidas proporções até os crimes tiveram pouca modificação, tráfico de drogas, influência, prostituição e blá, blá, blá. Num período pelo qual a sociedade do século XXI transita olhar para a história do mundo faz com que algumas pessoas se tornem ainda mais céticas. Parece que onde há política os caminhos com esses mesmos tipos de crimes se cruzam. Talvez essas considerações tenham como base a crítica exercida, muito bem, diga-se de passagem, pelo cineasta brasileiro, José Padilha, em virtude de estar em evidência, com o filme Tropa de Elite 2, obviamente que outros fatores contribuem para essa análise… mas é melhor manter superficialmente, pois essa postagem pretende apenas falar de filmes…

Humor

Verídico. Estava eu em uma loja do comércio local, quando prestei atenção em uma matéria veiculada na tv, sobre a prisão de algumas pessoas acusadas de lavagem de dinheiro, imediatamente um menino que aparentava ter uns seis anos, de mãos dadas com outra pessoa que não identifiquei bem, mas aparentava ser sua irmã mais velha, começou a chorar compulsivamente após assistir a notícia, o menino gritava que iriam prender a mãe dele. A moça sem entender, o questionou para saber qual seria o motivo e ele aos soluços disse:

- Ontem deixei uma nota de dois reais no bolso da minha bermuda e a mamãe lavou hoje de manhã o dinheiro tava limpinho. Vão prender ela.

PS – Apesar de rir da situação, uma coisa me perturbou, crianças tão pequenas já tem noção do que é veiculado na televisão, porque alguns adultos não? Sei lá… Triste isso.