"O texto simplifica meu eu complexo, ora é aliado, ora me faz refém".- Hellen Cortezolli

quarta-feira, outubro 20

Tudo mundo conhece um

Proibido puxa-saco  Puxa-saco é uma raça muito complexa, nem cachorro é tão desarmado que não consiga identificar, mesmo que por instinto, quando o objeto de sua “lealdade”, simplesmente não o quer por perto. Nem cobras rastejam tanto. Nem pulgas são tão inconvenientes.
O Puxa-saco deveria ter classificação ou estabelecer um grau de intensidade, quando extrapolasse poderiam explodir como fazem os carrapatos depois de se alimentarem acima do tolerável por seus corpos.
Sugestão de classificação:
Sem noção - aquele que necessita elogiar todo mundo, mesmo quem não tem nada para ser enaltecido, não economiza e a falsidade total é sua maior característica, não compensa nem contar até dez;
Perseguidor – aquele que ninguém quer por perto, mas ele insiste, o assédio é tão grande que asco é um sentimento muito propício para a ocasião;
Solícito – tem necessidade de demonstrar seus préstimos, principalmente quando ninguém precisa.
Abusado – é a junção de todas as classificações anteriores com o acréscimo de contato físico.
Você conhece outros? Então… não me diga. Só de pensar que existem mais fico doente.